Energy-saving-lightbulbs1-1024x768.jpg

Qualquer atividade em uma sociedade moderna só é possível com o uso intensivo de uma ou mais formas de energia.

A busca pela eficiência no consumo de energia elétrica tem seu conceito bastante amplo e  aplicável em todos os segmentos industriais.

 

O uso, com planejamento e controle traz, para o empresário diversos benefícios relacionados, principalmente, à redução de custos e ao aumento da produtividade.

 

Alguns motivos para o uso eficiente da energia elétrica:

  • Contribuir para o desenvolvimento sustentável;

  • Necessidade urgente da redução da temperatura do nosso planeta;

  • Redução de custos para os clientes, para o setor elétrico e para o país;

  • Melhoria da produtividade e da competitividade dos produtos e serviços;

  • Redução ou postergação dos investimentos para a expansão do sistema elétrico;

  • Maior garantia e melhores condições de atendimento ao mercado consumidor de energia;

  • Melhoria da eficiência de processos e equipamentos;

  • Minimização do impacto ambiental causado pelas instalações de geração, transmissão e distribuição de energia.

 

A energia elétrica deve ser considerada como um fator de produção tão importante quanto o trabalho, o capital e as matérias-primas. Por isso, gerenciar a energia é tão importante quanto gerenciar recursos humanos ou financeiros.

 

Para tal, são necessários os seguintes passos:

  1. Conhecer alguns conceitos básicos (grupos tarifários, consumo, demanda, etc.);

  2. Identificar em qual modalidade tarifária sua empresa está enquadrada;

  3. Compreender as informações da sua conta de energia;

  4. Identificar mensalmente o consumo e a demanda;

  5. Acompanhar mensalmente seu consumo específico;

  6. Identificar seu fator de carga e atuar para aumentá-lo;

  7. Identificar se o fator de potência está abaixo de 0,92 e corrigi-lo se for o caso;

  8. Implementar ações de uso eficiente da energia.